Homem é condenado à prisão na Rússia por insultar menino com boné a favor da ofensiva na Ucrânia

Um tribunal russo condenou nesta segunda-feira (10) um homem a três anos de prisão por insultar uma criança que usava um boné com a inscrição “Z”, símbolo dos apoiadores da invasão russa à Ucrânia.

Por Diário Goianiense em 10/06/2024 às 14:34:40

Um tribunal russo condenou nesta segunda-feira (10) um homem a três anos de prisão por insultar uma criança que usava um boné com a inscrição “Z”, símbolo dos apoiadores da invasão russa à Ucrânia. Alexandre Neustroyev foi julgado por gritar em abril de 2023 ao menino de 11 anos “Coloque esse boné no c…, idiota!”, segundo a imprensa russa. O incidente ocorreu na cidade do centro-oeste Ecaterimburgo, nos Urais. A letra “Z”, pintada nos tanques enviados à Ucrânia em fevereiro de 2022, tornou-se símbolo de apoio à campanha militar russa, visível nas ruas, painéis, edifícios e veículos por todo o país. Esta condenação é uma nova mostra da repressão a todos que critiquem ou denunciem a ofensiva russa na Ucrânia. Segundo o promotor local, o acusado foi condenado por “vandalismo”, com ameaça de violência. O homem cumprirá pena em abrigo penitenciário penal, uma forma de prisão de baixa segurança. A mãe do menino disse à imprensa russa que seu filho voltou para casa chorando após o incidente. O menino usava o boné preto com a letra Z em branco porque estava orgulhoso por seu pai servir à Guarda Nacional Russa na Ucrânia, explicou.

O autor dos insultos foi preso após ser encontrado graças a imagens de câmeras de vigilância. Em um vídeo divulgado mais tarde, ele disse que estava “profundamente arrependido”. Neustroyev foi inicialmente condenado a uma multa, mas autoridades locais exigiram uma sentença mais rígida e o promotor pediu um novo julgamento. A Rússia lidera uma repressão implacável contra os críticos do poder e do ataque à Ucrânia. Muitos russos, famosos e anônimos, já foram condenados a longas penas de prisão.

*Com informações da AFP

Fonte: Jovem Pan

Comunicar erro